Representantes do Executivo Municipal visitam pontos de apoio às vítimas das chuvas e falam sobre as próximas ações que serão tomadas pelo o Município

Texto: Nízea Andrade Coelho

Texto: Túlio Dutra

Chefes do poder executivo do municipal estiveram presentes na manhã de hoje, 11, em alguns pontos da cidade, mais precisamente no Centro de Convenções da UFOP, onde está funcionando o centro de recolhimento de doações, e na Escola Municipal Simão Lacerda, local que foi adaptado para receber as vítimas das fortes chuvas que atingem o Município nos últimos dias.

O Centro de Convenções está recebendo diversas doações de roupas, calçados e produtos de higiene, porém, é importante salientar que mesmo com um número expressivo de itens recebidos, toda ajuda será bem-vinda. No caso do abrigo, a Prefeitura reforça que a escolha do local se deu por conta de minuciosos critérios, já que o ambiente possui um espaço adequado para as famílias, ofertando a possibilidade de um distanciamento social, além do fato que todos os abrigados estão devidamente testados e não houve nenhum resultado positivo para Covid-19. As famílias seguem separadas por salas e recebendo o apoio necessário.

O prefeito Angelo Oswaldo falou sobre o status em que o Município se encontra e descreveu próximos passos depois de decretado o estado de calamidade pública. “Depois de analisada e comprovada a nossa situação, nos declaramos o estado de calamidade pública, com base na legislação federal. Isso vai proporcionar maior agilidade nas ações do Município e mais acesso a recursos estaduais e federais. Estamos recebendo apoio de empresas, existe muita solidariedade, doações de todos os tipos chegando ao Centro de Convenções, o importante agora termos calma e serenidade, para que depois de vencido o período crítico das chuvas, nós possamos implementar as providências que já estão sendo estudadas. Queremos segurança às famílias e às comunidades que foram atingidas, principalmente no Taquaral e no Santa Cruz, que serão prioridades nas nossas ações”.

Regina Braga, vice-prefeita, que também visitou a Vila Aparecida, fez um apelo à população usando o bairro como exemplo. “Peço para a população que ao ver restos de desmoronamentos como aqui na Vila Aparecida, não tente mexer, porque isso pode acarretar em novos deslizamentos de terra. Peço às pessoas só mais um pouco de paciência e assim que o tempo melhorar iremos fazer essas limpezas com supervisão da defesa civil, com a maior segurança possível e amparando a todos que precisarem do apoio da Prefeitura”.

Sobre as doações

Os interessados em doar, devem levar os itens ao centro de Convenções da Ufop, localizado na Rua Diogo de Vasconcelos, número 328, de 09h da manhã às 19h.  A Cooperouro também está recebendo doações, os itens devem ser entregues no hall da loja, que abre todos os dias das 07h às 21h e fica localizada na Rodovia Rodrigo Melo Franco de Andrade, número 991, bairro Nossa Senhora do Carmo.

Fale Conosco

Endereço: Rua Conselheiro Santana, 102 - Pilar

Telefone: (31) 3559-3121
Telefone: 199 - 24h
E-mail: defesacivil@ouropreto.mg.gov.br

Atendimento ao Público: 12h às 18h

© Desenvolvido pela Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/PMOP -